DICAS E TENDÊNCIAS

Como preparar superfície do papel de parede!

Por 14 de fevereiro de 2017 2 Comentários

Oi pessoal,

3ª Dica da série:

Como preparar a superfície do papel  de parede

fot-1

1-) Analisar a atual condição da parede

O antigo papel de parede foi retirado com sucesso, com mais ou menos esforço. Agora é hora de prestar atenção à condição da parede: a superfície deve estar limpa, uniforme, firme e totalmente absorvente. Iremos dar métodos para que estas caraterísticas sejam analisadas, já que nem todas são visíveis a olho nu.

Verificar absorvência
Para descobrir se uma parede ou teto é absorvente em toda a parte, basta aplicar o simples teste de água. Aplique um pouco de água com um pincel ou rolo. Se aparecerem pérolas de água, a superfície não é suficientemente, ou não é no seu todo absorvente.

Se a água é absorvida imediatamente e a superfície fica escura, é muito absorvente. Também é de salientar que superfícies altamente absorventes têm frequentemente fissuras.

Verificar firmeza
E o que diz da firmeza da parede/teto? Por outras palavras, quão firme é a superfície?

Se passar a mão pela superfície e sua palma da mão ficar branca ou se a parede/teto for arenosa, necessita agir.

Para verificar a estabilidade da superfície, aplique pressão: Pressione seu polegar contra a parede/teto. Se saem pequenas partículas ou se há cavidades, a superfície não é firme o suficiente para o papel de parede.

Pintura antiga ou resíduos de pintura que aparecem após a remoção do papel de parede também precisam ser verificados no que diz respeito à firmeza. Use seu estilete para fazer uma cruz na superfície, coloque um pouco de fita adesiva por cima, pressione firmemente e arranque rapidamente. Se há restos de tinta sobre a fita, a superfície não é suficientemente firme.

A pintura a cal contém colas solúveis em água e requer tratamento especial. Existe uma maneira fácil de descobrir se está lidando com cal: Umedeça a área e mova a ponta dos dedos sobre ela. Se é pintura a cal, esfregar irá resultar numa substância semelhante à pasta de papel de parede, e a pintura ficará pegada aos dedos.

Verificar limpeza e uniformidade
Nódoas e manchas numa parede podem ter várias razões. A umidade na parede origina manchas de água ou ferrugem. As manchas de água são facilmente identificáveis a olho nu; manchas de ferrugem são de cor marrom avermelhada e saem em contato com a água. Uma maneira fácil de identificar manchas de ferrugem é esfregando um pano úmido sobre a mancha. Se sai, é uma mancha de ferrugem.

Deve verificar a parede muito bem. Consegue ver diferenças de cor ou áreas claras / escuras? Essas irregularidades podem ser o resultado de vários tratamentos na parede, mas também aparecem muitas vezes como um resultado do uso de drywall. Se escolheu papel de parede de alta qualidade TNT ou outro tipo de papel de parede fino, precisa corrigir as diferenças de cor, caso contrário serão visíveis através do papel.

Verificar umidade
Manchas escuras, manchas de mofo ou sinais de mofo na parede ou no teto são sinais de umidade. A melhor maneira de determinar a extensão da umidade é utilizar um medidor de umidade. Mas, obviamente, nem todo mundo tem um ou sente a necessidade de comprar. Alternativamente, pode fazer o teste com uma folha fina de alumínio que fará com que a umidade residual seja visível. Ponha um pouco de papel alumínio sobre a área úmida e deixe no local por 24 horas. Se houver condensação debaixo do alumínio quando o tirar, a parede precisa secar completamente antes de a tratar. Talvez seja necessário repetir o teste de alumínio mais tarde.

Mofo?
Consulte os especialistas!

Se a umidade provocou mofo nas suas paredes ou tetos, recomendamos falar com um profissional a fim de rastrear o motivo exato e avaliar a extensão do problema. Se não encontrar a origem do mofo, pode voltar a aparecer. Soluções a curto prazo através de secagem é lidar apenas com os sintomas, em vez de combater a fonte do problema. No entanto, se houver apenas pequenas manchas de mofo, pode usar um removedor de mofo com propriedades desinfetantes. Use uma máscara de proteção respiratória e luvas e garanta uma boa ventilação.

Verificar suavidade
Poderá verificar pequenos buracos ou fendas ao inspecionar a parede ou teto.

Os profissionais passam um foco de luz por toda a parede a fim de verificar se sua superfície é completamente uniforme.

Se a superfície está bastante danificada ou mostra por exemplo, uma mistura de camadas de tinta velha e muitos reparos usando uma variedade de materiais, terá de ser feita uma preparação especial à parede para que a superfície esteja em perfeitas condições para receber o papel de parede.

Se a superfície é ligeiramente áspera ou opaca, pode encontrar uma variedade de produtos em lojas de bricolagem, utilizados para preparar e uniformizar a superfície.

Tarefas posteriores Os passos seguintes destas instruções mostrarão como preparar a superfície a fim de criar a base perfeita para o papel de parede.

foto-2

2-) Preencher buracos e fendas

Se ao retirar o papel de parede deixou a superfície com pequenos riscos estranhos devido ao uso descuidado da espátula, basta usar material de enchimento para alisar. Também pode encontrar danos ocultos debaixo do antigo papel de parede, como por exemplo, fissuras.

Se os buracos existentes não vão ser reutilizados para pendurar estantes de parede, quadros ou outros objetos decorativos após o papel de parede, precisam ser preenchidos também.

Massas de enchimento prontas a usar ou enchimentos em pó (para serem misturados com água) podem ser encontrados em qualquer loja de bricolagem. Cada um tem seus próprios prós e contras, e deve fazer sua escolha com base em condições específicas.

Massas de enchimento prontas a usar

  • Cola em tubos ou baldes
  • De uso imediato, não é necessária mistura
  • Secagem rápida, pode trabalhar mais rapidamente na superfície
  • Reutilizável, pode guardar e usar noutros projetos

Enchimentos em pó

  • Ideal se necessita de grandes quantidades de enchimento
  • De fácil mistura com água
  • Pode ser aplicado em camadas espessas para preencher buracos e fendas
  • Mais barato que as misturas de enchimento prontas a usar
  • Fácil de lixar

Dicas

Umedeça a área que deseja preencher antes de aplicar enchimento. Não use uma quantidade muito grande e aplique numa camada uniforme e fina. Preencha buracos mais profundos com papel primeiro. Depois de secar, alise com uma lixa até obter uma superfície completamente lisa.

3-) Aplicar tinta primária ou cola de papel de parede diluída

Agora que já preencheu pequenos buracos e fendas e a parede/teto está completamente seca, a superfície precisa ser preparada para ser a base ideal para o papel de parede. Dependendo dos resultados da análise, terá que usar ou uma tinta primária ou cola de papel de parede diluída.

Escolha da tinta primária de acordo com a análise da parede
Escolha uma tinta primária incolor se a parede tiver cor uniforme e não estiver planejando usar papéis de parede TNT ou outros papéis de parede finos que podem não cobrir cores irregulares. Este tipo de tinta primária é também utilizado para o tratamento de paredes e tetos esfarelados ou calcinados. Por outro lado, regula a absorção.

A tinta básica branca pigmentada é utilizada para nivelar as diferenças de cor. Tem as mesmas propriedades que a variante incolor em termos de absorvência e reforço da superfície. A tinta básica pigmentada também é útil para quem não consegue terminar todo o processo de iniciação de uma só vez pois as áreas que já foram tratadas são claramente visíveis ao continuar o trabalho mais tarde. Isto não serve para a tinta primária incolor uma vez seca.

O que é Tinta Primária?
A tinta primária é uma camada líquida viscosa que regula a absorção da superfície, reforça, e nivela diferenças de cor.

A principal distinção aqui é entre tinta primária solvente e tinta primária insolvível. Tinta primária insolvível à base de água é a solução preferida para paredes de interior uma vez que é inodora e não necessita de quaisquer medidas de proteção específicas durante a aplicação. A tinta primária solvente é principalmente usada para paredes exteriores devido aos seus vapores de longa duração. A tinta primária insolvível à base de água é a melhor solução pois não veda a superfície (é também melhor em termos de ambiente).

A tinta primária insolvível pode ser incolor (despigmentada) ou colorida (pigmentada) e está disponível em latas ou baldes. É aplicada com um rolo de pintura, com um cabo telescópico flexível.

Superfícies arenosas ou calcinadas

Devem ser escovadas, ou use um velho aspirador de pó, antes de aplicar a tinta primária. Assegure uma boa ventilação e use uma máscar