Ter ambientes bem decorados na sua casa onde você possa se sentir inspirado é ótimo para o seu dia a dia. Mas, para que esses momentos de inspiração não sejam interrompidos, saber como preparar a parede para colocar o papel de parede faz toda a diferença.

Por isso, separamos um conteúdo completo para você entender tudo na hora de preparar a parede antes de aplicar o papel. Afinal, você quer um ambiente lindo e agradável e nada melhor do que ter total autonomia na própria casa para evitar frustrações, não é mesmo?

Veja, a seguir, um passo a passo completo – você perceberá a diferença no resultado final!

Preparação da parede: um passo a passo completo!

A instalação do papel de parede envolve muito mais do que aplicar o material. Para ter um efeito profissional, que dure anos sem precisar fazer manutenção, é essencial apostar nos cuidados prévios – afinal, tudo envolve preparação.

Para te ajudar, separamos um passo a passo completo para você colocar a mão na massa e decorar sua casa com muita facilidade. Olha só!

Passo 1: a escolha da parede

Você provavelmente já pensou em quais paredes da sua casa receberão a decoração, porém, te convido a repensar. Sabe por quê?

Porque suas paredes podem sofrer com um dos problemas mais comuns: o forte recebimento de calor. Certifique-se de que o lugar que você escolheu para aplicar o papel de parede não recebe muito calor proveniente da luz solar ou de máquinas, pois sua grande intensidade e frequência fazem com que o material se prejudique mais rápido.

Em seguida, veja como você irá compor o ambiente – afinal, cada estilo de mobília e decoração da sua casa pede um papel de parede que harmonize! Por exemplo: se deseja apostar em uma decoração rústica, vale a pena escolher um papel de parede que reproduza a madeira; já se você possui uma mobília colorida e moderna, um papel de parede mais clean é uma ótima escolha para equilibrar as informações do cômodo.

Passo 2: papel, caneta e trena – como medir

Agora que você já tem tudo planejado, providencie uma trena para fazer a medição da parede e verificar a quantidade de papel que você precisará. Este processo facilitará na hora de realizar os recortes de tomadas, janelas ou portas.

Tenha também em mãos uma caneta e um bloco de notas. Para não errar as medidas na hora de cortar o papel de parede, lembre-se de anotar a altura e a largura do espaço. Dica: comece a medir a partir do rodapé e siga em toda a área onde o papel será instalado.

Mas você sabia que existe uma conta simples para saber a quantidade exata de quanto papel de parede precisará?

É muito simples. Primeiramente, divida a largura da sua parede pela largura do rolo de papel, em seguida, divida o comprimento do rolo pelo comprimento da parede. Por fim, divida o primeiro resultado pelo segundo.

Se o seu papel de parede tem estampa, é sugerido calcular de 10% a 20% a mais, tendo em vista que dessa forma o desenho de uma tira coincidirá com o da outra. Além disso, lembre-se de que a emenda deve ficar sempre na vertical.

Passo 3: verificação da umidade

É indispensável a verificação da umidade e sinais de mofo na parede para evitar possíveis complicações após a instalação do papel.

A maneira ideal de identificar a extensão da umidade é utilizar um medidor de umidade, porém, se não possuir este aparelho em casa, você pode fazer um teste com uma folha de alumínio. Aplicando-a na parede, é possível que a umidade residual seja visível.

Funciona assim: coloque um pouco de papel alumínio sobre a área úmida e deixe no local por até 24 horas. Caso haja condensação debaixo do alumínio, já é um sinal de umidade.

Uma das opções para resolver esse problema é fazer o tratamento superficial, ou seja, será necessário retirar a tinta e a argamassa atuais com uma espátula no local e aplicar um produto impermeabilizante. Depois de secar o produto, basta amaciar e pintar a parede novamente.

Passo 4: hora da limpeza

Outro momento super importante para garantir seu aproveitamento máximo do ambiente decorado é a limpeza da parede antes da instalação.

É recomendável deixar a superfície da parede totalmente limpa, livre de poeiras, manchas ou até mesmo irregularidades. Caso necessário, utilize uma lixa para garantir que a superfície fique uniforme; em seguida, passe um pano úmido para retirar os resíduos seguido por um pano seco.

Se a sua parede apresentar variações de textura, você precisará usar gesso ou massa corrida para prepará-la para o próximo passo. Após esse momento, é recomendável passar tinta para evitar que o pó grude na cola do papel.

De preferência, faça esse procedimento de preparação pelo menos com uma semana de antecedência. Mas, se a parede já estiver nivelada, limpá-la com um um pano úmido já é o suficiente para deixá-la livre de sujeiras.

Preparações finais

Perfeito! Sua parede já está pronta para a instalação do papel. Viu como é fácil? Agora você pode ter um ambiente personalizado com o seu jeitinho e o melhor, com a garantia de que não terá surpresas indesejadas no futuro.

Como foi a sua experiência? Conte aqui, nos comentários! Aproveite para compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais e inspire também outras pessoas. Até mais!