Papel de parede também faz parte da decoração minimalista

Uma decoração minimalista segue a filosofia de “quanto menos, melhor”. O estilo se apresenta com pouca quantidade de móveis, quase nada de elementos decorativos, e um papel de parede sóbrio, o que dá a agradável sensação que o espaço é mais amplo. Impressão essa que é estendida também para a funcionalidade do ambiente.

Esse conceito surgiu nos anos 60 e priorizava apenas elementos fundamentais, dispensando tudo que não fosse essencial. O minimalismo atingiu diversas áreas, das ciências às artes, e atualmente ganhou força na área da arquitetura e decoração. Seus valores são baseados na qualidade, em detrimento da quantidade. Entretanto, não é possível desvincular essa tendência do bom gosto, já que um complementa o outro.

Assim, não se deve considerar algo minimalista simplesmente por apresentar a ausência de objetos, já que, embora paradoxal, o conceito é exatamente o oposto: valorizar a presença de itens imprescindíveis no espaço, construindo a percepção da totalidade, em vez de chamar a atenção para os detalhes.

Vantagens da decoração minimalista:

O conceito minimalista em um espaço permite que a higiene e organização estejam sempre em dia, facilitando muito sua vida.  Você já contabilizou o tempo perdido com limpeza ou arrumar objetos em seus devidos lugares? Ou pior: ter um móvel incrível, mas ele está sempre poluído, cheio de quinquilharias, roupas, bolsas, chaves ou carteira em cima.

Geralmente, quando temos um objeto decorativo muito bom, queremos, de todas as formas, colocá-lo no ambiente. Muitas vezes, é necessário comprar um móvel novo, apenas para combinar com aquele objeto. Com uma decoração minimalista esse problema é facilmente resolvido, porque você deve priorizar os elementos básicos e vai evitar gastos com produtos desnecessários.

Não significa que você deve anular qualquer objeto de decoração, mas você precisa analisar qual a melhor maneira de inseri-lo no espaço. Pode por exemplo, combiná-lo com o papel de parede, de modo a realçar o objeto, harmonizando-o com o ambiente.

E já que estamos falando em gastos, saiba que a decoração minimalista é amiga do seu bolso! Sim, você vai eliminar muitos gastos e de quebra, ganha uma casa muito elegante e moderna. Você pode direcionar a grana que gastaria na compra de muitos objetos para escolher um produto com maior qualidade, evitando prejuízos futuros com troca de móveis.

Para quem passa mais tempo em casa do que na rua, trabalhando, por exemplo, o ideal é optar por esse tipo de decoração. Elas ajudam na concentração, já que impedem uma possível dispersão da mente. Vai que, por acaso, seus olhos recaem no quadro da sala e querem ficar analisando o conceito de profundidade na pintura moderna, esquecendo-se de terminar o relatório a tempo. Melhor reservar esses momentos para outro espaço.

Como criar uma decoração minimalista

Quando falamos que uma decoração minimalista requer pouco ou quase nada no ambiente, já imaginam que é muito fácil de fazer. Mas não é. Não que seja algo extremamente complicado, mas como o minimalismo é um conceito consciente, ou seja, em que é preciso pensar se cada coisa está relacionada, deve receber mais atenção do que muita gente pensa. Caso contrário, você não terá um ambiente minimalista e sim uma casa vazia, incompleta.

Papel de parede e mobiliário para criar um ambiente minimalista

Papel de parede na decoração minimalista

É o primeiro item a se pensar, pois as paredes dão moldura para a imagem criada no ambiente minimalista. Escolha tons básicos, mais neutros, como bege, azul, branco, preto, cinza, tons mais terrosos, como variações de marrom. Como o ambiente é mais sóbrio, é possível optar também por papeis de parede com listras e formas geométricas.

Na loja Papel na parede, você encontra essas e mais opções de papel de parede exclusivos para decoração minimalista. As melhores opções são os modelos:

Lisos:

Galeria com foto de produtos da categoria Lisos

Com listras:

Galeria com foto de produtos da categoria Listrados

Com formas geométricas:

Galeria com foto de produtos da categoria Geométricos

Cuidado para não exagerar nas estampas e evite curvas e flores, mesmo que pequenas, para não descaracterizar o estilo. Também é possível encontrar nesta loja adesivos de parede perfeitos para completar a decoração minimalista, escolha um que contraste com a cor da parede.

Móveis na decoração minimalista:

Se o papel de parede forma a moldura, os móveis, por sua vez, são o plano central desta decoração. Lembre-se que eles precisam ter um toque de sofisticação e devem ter lugares estratégicos para não atrapalhar a passagem, deixando espaço mais livre e fluido. Posicione cada móvel de maneira natural, sem chamar atenção para nenhum deles especificamente, é o conjunto que forma essa decoração, não a singularidade de cada coisa.

Uma boa dica é optar por cama tipo futon, pufes, cabideiros, mesas completamente lisas, quadradas ou retangulares. O sofá também requer atenção, o tecido deve ser liso, geralmente peças em couro, nas cores preta ou branca, ajudam a criar a sensação de sobriedade, própria do minimalismo.  Pode colocar um vaso, mas nada de flores coloridas, apenas uma planta, completamente verde, ou uma orquídea branca são suficientes.

VEJA TAMBÉM!

O papel de parede infantil na decoração do quarto montessoriano

Qual mensagem cada papel de parede pode passar?

Como escolher papel de parede para sala de TV

Postagens Relacionadas

1 pensamento em “Papel de parede também faz parte da decoração minimalista”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *