A decoração de uma casa ou de um local de trabalho necessita de muito planejamento e extrema atenção. Ainda assim, muitas vezes, certos erros acabam passando sem serem notados. O bom é que a grande maioria dos equívocos pode ser corrigida com medidas simples, como, por exemplo, o reposicionamento de móveis e objetos. Foi pensando nisso tudo que selecionamos alguns dos erros mais normais que as pessoas costumam cometer nas decorações. Confira tudo aqui e garanta um visual muito mais bonito, moderno e harmonioso para os seus ambientes.

  1. Móveis em espaços inadequados

Por vezes, é muito comum encontrar pufes, cadeiras, bancos e mesinhas posicionados em locais errados. Um exemplo muito recorrente é quando os móveis ficam no meio do caminho ou ainda muito próximos da porta. As pessoas precisam estar sempre atentas para que esse erro não seja cometido, uma vez que a inadequação torna o ir e vir dentro do ambiente muito mais difícil, além disso, pode até causar um acidente. Por isso, mesmo depois de terminar a decoração, observe bem a posição de cada móvel, muitos equívocos acabam passando por falta de atenção.

  1. Tamanhos divergentes entre móveis

Ao mandar fazer ou comprar pronto seu conjunto de mesa e cadeiras, certifique-se de que a altura entre eles é condizente, ou seja, sem que o banco seja mais baixo que a mesa e vice-versa. Esse erro de decoração, na maioria das vezes, passa despercebido e as pessoas só vão tomar conta na hora de um almoço em família ou jantar entre amigos. Evite esse erro e, consequentemente, o desconforto que os seus convidados possam sentir na hora de se servir e de comer.

  1. Ambientes com desnível

Todos os ambientes de casa ou do local de trabalho devem, preferencialmente, ter o mesmo nível no chão. É preciso muito cuidado para que o chão não fique torto e nem muito menos com degraus. Esses fatores podem até parecer pequenos detalhes, mas acabam oferecendo risco de as pessoas tropeçarem e caírem, além disso, deixam o visual da decoração mais feio.

  1. Quadros mal iluminados

A luz natural ou artificial é tudo em qualquer ambiente, mas é preciso saber fazer a adequação do tipo e quantidade de iluminação. Os quadros devem ficar completamente iluminados, sem que uma parte fique mais clara do que a outra. Lembre-se que a arte estampada nos seus quadros precisa ficar muito bem nítida para todos e isso só é possível com luminárias bem posicionadas e, também, com cores de luzes eficientes.

  1. Vidros com muitos reflexos

Os móveis e objetos feitos de vidros ou de materiais cromados e dourados não devem receber o reflexo de luz. Procure fazer a decoração com as lâmpadas e luminárias distantes desses tipos de móveis e objetos. Isso porque o reflexo acaba ficando excessivo nos materiais e, assim, causando uma imagem feia e deselegante para os ambientes.

  1. TV com reflexo

E por falar em reflexos, as TVs mal posicionadas também representam um dos problemas mais comuns. O correto é não fixar o televisor na frente ou atrás de uma janela ou de uma porta. Caso não tenha jeito de evitar esses posicionamentos, providencie uma cortina bem escura que bloqueie todo o reflexo, além disso, que combine totalmente com a decoração. Outro erro que você precisa corrigir é a respeito da altura da TV, verifique se ela está posicionada de um modo que todos os moradores da casa possam visualizá-la sem dificuldades.

  1. Pouco espaço para panelas no fogão

Hoje em dia, muitas pessoas optam pelos cômodos planejados, principalmente para a cozinha e ainda assim, às vezes, acontece do espaço entre o fogão e a coifa ser muito pequeno. Quando isso ocorre fica muito mais desconfortável ou até impossível de cozinhar com panelas maiores. O ideal é que esse espaço seja muito bem analisado e medido para que não ocorra esse tipo de transtorno na sua cozinha.

  1. Objetos demais, espaços de menos

É normal também que na hora de fazer a decoração dos ambientes, as pessoas acabem se empolgando e, assim, enchendo os cômodos com muitos móveis, acessórios e objetos de decoração. Mais um problema que precisa ser evitado ou corrigido. Lembre-se que, antes de tudo, os ambientes necessitam ser funcionais e confortáveis. Mas não há utilidade e aconchego possíveis em cômodos com muitas coisas. Muitos elementos dificultam o ir e vir e ainda podem comprometer o aspecto visual. Nesses casos, vale lembrar da máxima: menos é mais. Analise tudo e descarte o que for desnecessário.

Todas essas dicas valem para qualquer tipo de espaço, desde salas de estar a escritórios. E o interessante é que para compor uma decoração bonita ou corrigir os equívocos, nem é preciso contratar especialistas no assunto. Todas as transformações podem ser planejadas por você mesmo, assim, dá para garantir mais praticidade e principalmente economia para o bolso.

 

VEJA TAMBÉM!

Decoração simples e barata: de caixotes até adesivos de parede

Tudo o que você precisa saber para cortar papel de parede

08 ideias para decorar o corredor